Brazil  Portugal  English

NANOSATC-BR1
PREVISÃO 5 DIAS

Local: Ashburn Lat: 39.0437 Lon: -77.4875 Fuso: UTC-5

Click para mudar a cidade ou fuso horário

Tabela

PREVISÃO ORBITAL 5 DIAS

A tabela acima mostra os próximos 5 dias de passagens do satélite de interesse sobre sua localidade ou estação.
Sempre que um satélite puder ser observado diretamente à vista desarmada, sua passagem estará destacada em amarelo. Repare que esses momentos sempre ocorrem antes do Sol nascer ou depois dele se pôr.

Os termos utilizados são de uso comum na atividade espacial e através deles é possível saber o caminho do satélite no céu no dia da passagem, permitindo o correto apontamento da antena ou observação visual direta.


Entendendo a Tabela
No topo da tabela, além do nome do satélite, temos alguns parâmetros interessantes, como a quantidade de órbitas por dia que o satélite faz ao redor da Terra e o tempo de cada órbita, em minutos. Abaixo temos os parâmetros que descrevem o formato da elipse, com os valores dados em quilômetros.

Ao lado das informações do satélite temos os dados da localidade do observador. Para que os dados sejam calculados corretamente é necessário que todos os valores mostrados estejam exatos. Caso suspeite que os dados de sua localidade estejam incorretos, por favor nos informe.


Significado das colunas
Data Local - A primeira coluna mostra a data da passagem e seu horário, respeitando o fuso horário da localidade.

Range (km) - É a distância direta entre o observador e o satélite.

Elevação (graus) - É o ângulo de elevação medido a partir do horizonte e indica quantos graus o observador deve olhar acima da linha do horizonte para encontrar a posição do satélite. Os valores podem variar desde 0 grau no momento em que o satélite surge no horizonte até 90 graus acima da cabeça, posição conhecida como zênite. Quanto maior o ângulo de elevação, mais perto do observador estará.

Azimute (graus) - É o ângulo medido a partir do norte verdadeiro e varia de 0 a 360 graus. Indica a direção que o observadore deve olhar para encontrar o satélite. É o equivalente à Rosa dos Ventos encontrada nas bússolas.


Os gráficos acima mostram como localizar um hipotético objeto no azimute 45 com 45 graus de elevação.


Sol Direto - Informa se no momento da passagem o satélite se encontra iluminado pelo Sol. Os valores possíveis são SIM , NÂO e SHA.
SIM - O satélite recebe diretamente os raios do Sol, portanto não está eclisado pela sombra da Terra.
NÂO - O satélite está eclipsado pela Terra, portanto no escuro.
SHA - O satélite se encontra na linha que divide o dia da noite, conhecida por terminador ou greyline. SHA significa "Shadow", do inglês "sombra".

Altura (km) - Altitude do satélite sobre o ponto imediatamente abaixo da superfície da Terra. A localização do ponto imaginário é conhecido como "sub-satellite point".

SSP-Lat (graus) - Latitude do sub-satellite point. Coordenada geográfica indicando a latitude sobre a qual o satélite está orbitando.

SSP-Lon (graus) - Longitude do sub-satellite point. Coordenada geográfica da longitude sobre a qual o satélite está orbitando.

Sol/EL (graus) - Ângulo de elevação do Sol com relação à linha do horizonte. números negativos significam que o astro está abaixo do horizonte.

Contato - Valores possíveis: Rádio e Visual. Indica o modo possível de contato com o satélite. Naturalmente, o modo Visual também permite o contato via rádio, seja através de beacons ou comunicação direta.

Satview - Todos os direitos reservados - 2009
Política de Privacidade


Imagens de satélites!  Conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas