Brazil  Portugal  English
Satélite
Sua Posição
Sol
Full   |   Mapa  |  Satélite    |    Visor Off
Aguardando...
Latitude
Longitude
Distância
Período
00.00
000.00
0000 Km
0000 min
Azimute
Elevação
Altitude
Km/h
000°
00°
0000 Km
00000.00


Configuração Local
Ashburn
Lat:  39.0437  Lon:  -77.4875  Alt:  500
Fuso:   UTC-4   [ Mudar ]
Próxima Passagem: Dia
xx

AOS:  xx:xx   AZ: 00°
LOS:   xx:xx   AZ: xx°
MAX:  EL 00° / AZ 00°
Distância:   xxxx Km
CONTATO:
None
Menu Principal:   Lista de Lixo Espacial  |  Time Machine!  |  Multi-Rastreio
LIGHTSAIL-1 - RASTREIE E VEJA A VELA SOLAR EXPERIMENTAL

LIGHTSAIL-1 irá abrir as velas solares em 17 de junho de 2015 e se tornará visível antes da alvorada e após o pôr do Sol.
No momento, o satélite pode ser sintonizado em 437.435 MHz, enviando telemetria em FSK no protocolo AX.25

Int. Space Station
Próximas passagens sobre sua cidade
Tabela de Passagem

LIXO ESPACIAL - PRÓXIMAS REENTRADAS
CZ-2D R/B
07 Jun 09h47

Rastreie
FLOCK 1D-1
09 Jun 11h14

Rastreie
FLOCK 1B-28
18 Jun 06h48

Rastreie
SL-8 R/B
23 Jun 05h04

Rastreie
LIXO ESPACIAL - REENTRADAS RECENTES
LAMBDASAT
16 May 10h46
Detalhes
ARIANE 42P+ R/B
17 May 02h27
Detalhes
PSLV R/B
25 May 04h53
Detalhes
SL-24 R/B
28 May 11h15
Detalhes

Como Rastrear Satélites

Certifique-se de que a hora do seu computador esteja certa e que o fuso horário seja compatível com sua Região. Na internet existem dezenas de programas que mantêm seu computador sempre na hora certa.

Na tela principal vemos o Mapa-Mundi, onde se destacam o satélite em movimento e duas linhas tracejadas. Estas linhas são chamadas de "GroundTrack". A linha vermelha mostra os primeiros 90 minutos da órbita atual e a linha azul os 90 minutos seguintes. Cada ponto representa a posição do satélite a cada 1 minuto e recebe o nome de sub-satellite Point.

Para receber ajuda sobre os parâmetros mostrados posicione o mouse sobre os elementos do painel azul.


Condições para Visibilidade
Para que um satélite possa ser observado diretamente é necessário que a luz do sol atinja sua estrutura e seja refletida até nossos olhos. Para que isso oconteça é preciso que os seguintes fatores estejam ocorrendo ao mesmo tempo:

1 - Céu escuro: deve ser noite no local da observação
2 - Altura do Sol: o disco solar deve estar entre 10 e 25 graus abaixo da linha do horizonte
3 - Satélite iluminado: os raios de Sol devem estar atingindo diretamente o satélite
4 - Ângulo de elevação: o satélite deve estar pelo menos 25 graus acima do horizonte

Quando estas quatro condições forem satisfeitas dizemos que o satélite estará potencialmente visível quando da sua passagem por nossa estação.

Isso significa que tecnicamente poderá ser visto mas outros fatores poderão influenciar em sua observação, entre eles a altitude e o tamanho do satélite, seu material de revestimento e as condições atmosféricas no local da observação.

Como regra geral, quanto mais próximo de nossa estação o satélite passar, melhor será sua observação. Essa maior aproximação está diretamente relacionada à altura do satélite acima da linha do horizonte. O ângulo formado entre o satélite e esta linha é chamado de ângulo de elevação e quanto maior for este ângulo mais próximo de nós o satélite estará.

O ápice dessa aproximação ocorre quando o satélite está exatamente sobre o zênite, ou seja, 90 graus acima do horizonte, mas nem todas as passagens atingem essa posição.



Elementos Orbitais: 30 May 2015 13:22 (2015 150.55712677)

ISS (ZARYA)
1 25544U 98067A 15150.55712677 .00004876 00000-0 77733-4 0 9998
2 25544 51.6441 172.0582 0003943 3.2392 133.9921 15.55234860945292
Satview - Todos os direitos reservados - 2009
Política de Privacidade


Imagens de satélites!  Conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas